+39 02 8718 8553 sales@tanaza.com
Tavola disegno 2 copia 2@2x-100

Nauinfor

Tanaza Classic para provedores de soluções geridas

Tavola disegno 2 copia 2@2x-100

Como descreverias as redes antes de 2012?

Pusemos em andamento algumas dezenas de hotspot em hotéis, restaurantes, escolas, etc. Estavamos acostumados a configurar uns quantos elementos de hardware caro para que os clientes pudesse ter uma solução cómoda e confiável.

A nossa configuração habitual era:

  • 1 unidade hotspot de Zyxel com várias impressoras térmicas de cupons.
  • 1 ou mais interruptores inteligentes com POE para ter uma monitorização de SNMP e algum controlo da rede.
  • 1 equipamento servidor DHCP para poder pelo menos implementar uma rede 24×7 para os clientes e ter um ponto de administração de alguns aspectos como por exemplo, aceder às impressoras divididas pelos salões dos hotéis.

Que problemas tiveram?

1) Tivemos que re-configurar as redes visto que eram geridas por terceiros.
2) O cliente necessitava frequentemente de suporte no local físico. Por exemplo, se um hotspot Zyxel falhava, falhava também todo o conjunto hotspot. Se uma impressora térmica precisava de atenção, ou era necessário substituir alguma coisa, um técnico tinha que se dirigir ao local. Se um interruptor inteligente falhava era necessário substituí-lo. No final das contas, os problemas aconteciam sempre.

Qual era o seu modelo de negócio e a sua configuração típica antes da Tanaza Classic?

No começo o modelo de negócio mais popular era o de Wi-Fi pago.
Quando a maioria dos lugares deixaram de cobrar pela conexão, decidimos sacrificar a emissão de cupões e o nosso cenário mudou: começámos a usar TR69 ou a implementar em sítios com Unifi – Ubiquiti ou painéis de roteadores Mikrotik. Mesmo assim, continuávamos a ter sérias limitações em termos de desinstalação da infraestrutura na rede principal nas instalações dos clientes com o objectivo de reduzir ao mínimo o tempo de inactividade. E ainda assim, chegámos a ter pontos de falha que paralisaram completamente o local.

Como e porquê resolveram mudar para uma solução baseada na nuvem?

Como somos uma empresa que está sempre à procura das soluções mais recentes e mais confiáveis, começamos a fazer uma pesquisa sobre um software que fosse totalmente administrado a partir da nuvem para implementar Wi-Fi e que ao mesmo tempo nos permitisse esboçar e implementar algumas políticas BOYD (que tragam o seu próprio dispositivo). Fizemos alguns testes com a nossa própria solução mas esta seria muito cara para os utilizadores finais. Um dia encontramos o website da Tanaza Classic. Começámos a ler toda a informação sobre o software e ficámos totalmente impressionados. Subscrevemo-nos ao serviço e a nossa vida mudou a partir desse momento!

Que pensas da Tanaza como empresa?

É uma empresa fascinante. Ler outras soluções e ler sobre a Tanaza é como enviar um comando du com ou sim a opção -l. Temos certeza que todos escrevem du -X -h para obter resultados legíveis para os humanos. A Tanaza é assim: de uma linguagem clara e simples que diz tudo de uma forma humana.

Como mudou o seu modelo de negócio depois da Tanaza Classic?

Tecnicamente, a Tanaza Classic é a nossa Meca em Wi-Fi neste momento. Os únicos equipamentos que temos que instalar nos locais dos clientes são os pontos de acesso. Na realidade, redesenhamos o nosso modelo desde o primeiro dia em relação ao Wi-Fi pensando em alguns cenários de implementação de baixo custo como plug and surf (conectar e navegar).
Como cada um dos aspectos pode ser gerido desde a nuvem, os clientes só necessitam energia eléctrica e acesso à internet nos seus estabelecimentos. Esta foi uma mudança real e significativa de fazer as coisas. E assim pudemos oferecer de uma vez só aos nossos clientes conexões seguras, confiáveis, com implementação rápida, muito resistentes e de uma maneira muito económica.

Quem são os seus clientes?

Quando começamos a fazer testes percebemos logo que podíamos oferecer Wi-Fi aos clientes e usar a página splash para anunciar produtos! Para além disso, obtivemos dados inteligentes de negócio para trabalhar com eles. Começámos o nosso negócio em lugares estratégicos como bares, cafés e restaurantes.
Estes lugares mudaram completamente: de oferecer uma password WPA mais de 50 vezes por dia a ter uma rede Wi-Fi perfeitamente segura e personalizada que comunica com os seus clientes e cria uma comunidade fiável em torno do seu negócio local. Atendemos também alguns hotéis em Portugal, cada um com algumas dezenas de pontos de acesso.
Antigamente tínhamos muitos problemas com a autenticação, com a banda larga, alertas de sessão terminadas etc… Com a Tanaza Classic tivemos quase problemas nenhuns e se aparece um problema pode ser resolvido facilmente da Dashboard Nuvem da Tanaza Classic de forma remota.

O que me acha das atualizações e integrações?

Antes de conhecer a Tanaza Classic vivíamos de con- troladores, firmware e softwares de administração. Como não se integram entre eles de uma maneira limpa, o que acontecia é que a maioria das vezes acabávamos por ter uma solução complexa, heterogénea e extremamente cara para obter um nível de funcionalidade exigido pelo cliente.
E quando se tratava de uma actualização, tínhamos que enfrentar um enorme quebra-cabeças e montar as peças todas outra vez. E caso o objectivo for oferecer segurança e desempenho, a actualização deveria ser feita com regularidade. Graças a equipa da Research and Development da Tanaza Classic, isto faz parte do dia-a-dia.
Adicionar funcionalidades e evolucionar proporcionando ao mesmo tempo um serviço limpo e estável é super fácil. Tanaza Classic proporciona essa pequena e simples funçao que resolve algo em específico ou uma completa gama de funcionalidades para fazer negócio em grande e render ao máximo.

Como descreverias o modelo de negócio que a Tanaza Classic te propôs para que o aceitasses?

Acesso de convidados à Internet + Marketing Social integrado + administração de redes como um jogo para crianças + inteligência de negócios + Marketing dirigido.